terça-feira, 23 de setembro de 2014

Pedagogos em Espaços não Escolares

Olá e Bem vindos a Todos





O Pedagogo nos Espaços não Escolares


Apresentamos um breve resumo




Verificamos, nos últimos anos, o aparecimento de espaços educacionais não formais, que abrem para o Pedagogo novas oportunidades de atuação. As atividades educativas intencionais ultrapassam os domínios da escola aparecendo em outras instituições sociais, como: Ong’s, Hospitais, Empresas, Meios de comunicação em massa etc.



Não se trata de negar ao Pedagogo a atuação como docente em espaços escolares formais, mas de acrescentar ao seu campo de trabalho outras oportunidades tão importantes quanto à docência.



A ação educativa deve estar presente em todos os setores de nossa sociedade, para que se confirme o caráter de “formadora de força de trabalho”, previsto inclusive em nossa Constituição Federal: Art. 205-  “A educação, direito de todos e dever do Estado e da Família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania. 



Consta no “(...)Art 3º O estudante de Pedagogia trabalhará com um repertório de informações e habilidades composto por pluralidade de conhecimentos teóricos e práticos, cuja consolidação será proporcionada no exercício da profissão, fundamentando-se em princípios de interdisciplinaridade, contextualização, democratização, pertinência e relevância social, ética e sensibilidade afetiva e estética.”                                                          



Neste trecho notamos a riqueza de conteúdos que as Diretrizes Curriculares propõem a serem desenvolvidas no curso de Pedagogia.
O Pedagogo receberá uma formação de habilidades complexa, permitindo que ele desenvolva o ser humano em sua totalidade. 


                     
                                          

“(...)Art 5º O egresso do curso de Pedagogia deverá estar apto a trabalhar em espaços escolares e não escolares, na promoção da aprendizagem de sujeitos em diferentes fases do desenvolvimento humano, em diversos níveis e modalidades do processo educativo;” participar da gestão das instituições como: Planejando, executando e acompanhando.  



Referencias Bibliográfica
O PEDAGOGO EM ESPAÇOS NÃO ESCOLARES. Laura Andréa de Souza Prado e Silva. UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO
SÃO PAULO – SP.







            





Nenhum comentário:

Postar um comentário